8 passos de como instalar uma torneira na cozinha

Quem é que nunca precisou e, quando percebeu, viu que não sabia como instalar torneira? São vários os casos em que nos deparamos com uma torneira, principalmente a da cozinha, que não nos serve mais, seja pelo fato de ficar pingando, por vazar ou não fechar direito.

Muitos pensam que é só chamar um encanador profissional. Com certeza isso soluciona o problema rapidamente, mas é bom lembrar que o trabalho pode sair caro para o bolso. A boa notícia é que você pode fazer a instalação da torneira na sua cozinha de forma muito eficiente.

Antes de iniciar o trabalho, é preciso ler as informações do fabricante. Geralmente, você vai encontrar as instruções de instalação nos materiais. Mas é claro que fica mais fácil ainda quando você conhece um passo a passo bem resumido. Por isso, preparamos para você! Acompanhe e coloque as dicas em prática para ter sua torneira novinha!

1. Separe os materiais necessários

Alguns modelos de torneiras de cozinha podem ser retirados e fixados com a própria mão. No entanto, caso note alguma dificuldade, a melhor solução é não fazer força, pois pode danificar o novo material ou as conexões. Por isso, o ideal é separar todos os materiais necessários para essa tarefa.

Tenha sempre em mãos algumas ferramentas como a chave inglesa. Além disso, você também vai precisar de uma fita veda rosca, que serve para melhorar o encaixe entre os metais e as conexões, além, é claro, de garantir que não vai haver vazamentos. Lembre-se de que os vazamentos, mesmo que sejam pequenos, resultam em consumo maior, e isso prejudica não só o bolso, mas também a natureza.

2. Leia o manual de instalação da nova torneira

É importante ler o manual de instalação e uso com muito cuidado. Tente seguir todos os passos indicados pelo fabricante da nova torneira. Lembrando que cada fabricante pode indicar outros tipos de ferramentas para a execução correta do serviço, por isso é preciso ter atenção nessa leitura.

Quando for retirar o produto da embalagem, não deixe de verificar se há algum problema ou dano aparente de fabricação. Guarde a nota fiscal da torneira e anote todas as informações, como data de fabricante, para que você possa acionar a garantia se algo incomum acontecer.

3. Feche o registro

O registro normalmente não fica muito distante da torneira. Para fechá-lo, gire no sentido horário. Caso fique com dúvidas, a dica é deixar a torneira meio aberto para que você possa ver se água realmente para de escorrer. É importante ter cuidado, sobretudo se fizer um bom tempo desde a última vez que o registro foi fechado.

4. Retire a torneira velha

Antes de retirar a torneira velha, abra ela para que toda a pressão seja liberada nos canos. Assim, você tem certeza de que os canos foram mesmo fechados.

Como dissemos, na maioria das vezes, é possível retirar a torneira somente usando as mãos. Porém, caso ela esteja bem apertada, você vai precisar usar uma chave inglesa, por exemplo. Certamente, após retirar a torneira velha, vai sair um pouco de água, mesmo que o registro esteja fechado.

5. Limpe o local

Depois de retirar a torneira, use uma espátula para que você consiga remover todas as sujeiras da superfície. Se tiver ferrugem e mofo, remova tudo para evitar problemas na nova torneira. Limpe todo o local com a ajuda de um pano para deixar tudo bem seco e livre de atritos.

6. Instale a torneira nova

Antes de instalar a torneira nova, veja se ela não necessita de um adaptador para o cano, ou ainda de um redutor de pressão, lembrando que isso acontece quando o metro da coluna d’água é bem alto.

Depois dessa verificação, é só aplicar a fita veda rosca na nova torneira para assegurar que ela fique presa e não tenha vazamentos. Depois, continue a instalação, encaixando a torneira e girando em seu próprio eixo.

Normalmente, é preciso apertar cada parafuso que segura a base com uma porca e uma arruela, fazendo o mesmo com a torneira. Veja se as bases estão realmente no lugar correto e, depois, utilize uma chave inglesa para apertar bem as porcas. Mas atenção para não apertá-las exageradamente!

7. Abra o registro

Depois de instalar a torneira corretamente, ligue o registro com a torneira fechada. Depois é só abrir a torneira bem devagar e verificar se há vazamentos nas linhas e na torneira.

Bom, após fazer isso, por precaução, é importante abrir a torneira de 10 em 10 minutos para ter certeza de que ela não está mesmo vazando. Ligue o registro de novo e analise com atenção. Se houver vazamentos, desligue o registro e retire a torneira para reforçar a camada de veda rosca.

Se o vazamento continuar, vai ser necessário verificar novamente os passos que foram seguidos para ter certeza de que tudo foi feito corretamente. Depois de fazer isso, caso o vazamento persista, o ideal é consultar o fabricante ou então contratar um encanador para obter mais informações.

8. Faça os serviços de manutenção

Agora que você já conhece os passos necessários para instalar uma torneira na cozinha, fica muito mais fácil fazer os serviços de manutenção da peça quando for necessário. Esses serviços de reparo são bem simples de se fazer com um bom kit de ferramentas em mãos.

Puxe a torneira e os canos para fazer inspeções de tempos em tempos, verificando se os canos estão em perfeito estado. E, caso perceba rachaduras ou outros danos com o passar do tempo, já aproveite e faça a troca para garantir uma manutenção completa.

É importante saber que o problema mais comum que pode aparecer é o vazamento ou então o famoso pinga-pinga na sua torneira da cozinha. Ele normalmente ocorre por causa do desgaste da rosca, que acaba impedindo a água de subir e sair pela sua torneira.

Com o passar do tempo, após abrir e fechar a torneira inúmeras vezes, essa rosca pode perder o encaixe correto e ficar bastante frouxa, o que causa o vazamento. Nesses casos, muitas vezes, o que preciso ser feito é a substituição da rosca por uma nova que seja do mesmo modelo da sua torneira.

Outro problema que você pode ter é uma peça quebrada, por exemplo. Nesse caso, o ideal é fazer a troca da torneira inteira, dependendo da peça. Mas, essa tarefa ficou fácil depois que você conheceu o passo a passo de como instalar torneira, não é mesmo? Seguindo as nossas dicas, você vai fazer instalação de forma correta na sua casa para garantir que suas atividades na cozinha aconteçam sem problemas. E o melhor de tudo: não vai precisar pagar ou depender de alguém para ajudar.

Fonte: https://www.imovelweb.com.br/noticias/dicas-2/como-instalar-torneira/

Ligar

× Podemos ajudar?